Nosso amor é jogo perdido

De tanto me questionar, por horas e horas, descobri, finalmente, o que é o amor. Sim, eu encontrei a tal fórmula mágica, a tal explicação procurada desde os primórdios. Descobri que o amor é um jogo. No nosso caso, perdido.

O amor é feito de desafios, entregas, desentregas, certezas e incertezas.

De desafios nós entendemos bem. E todo desafio lançado por nós foi perdido. Olhar pra você por muito tempo, por exemplo, era um desafio difícil de ser executado. Talvez por medo de me perder e me encontrar ainda mais em você.

Conversar com você, então? Logo eu, que sempre fui amiga das palavras, as perdi por completo. Embaralhei, esqueci, deixei fugir. É como se, ao sentir sua presença, eu me tornasse uma criança de seis anos de novo. Palavras não ditas me sufocam a cada segundo. Elas não me deixam esquecer seu brilho. 

Sonhar. Deveria ser fácil, não? É só imaginar, fechar os olhos e torcer com toda a força pra que dê certo. Mas com você não é assim. Não consigo sonhar com você, te imaginar pertinho, te sentir bem aqui dentro. Sua realidade é incrível, sua essência é indescritível e seu comportamento imprevisível. Não dá pra imaginar o que eu não posso descrever. 

Mesmo assim, tento pensar em como seríamos. E quando penso, sei que seríamos maravilhosos. Seríamos todo aquele clichê romântico, toda aquela baboseira de carne e unha, alma gêmea. Cê me completaria, sabe? Com todos os teus gostos fascinantes e compatíveis aos meus. Você acrescentaria em mim. E eu em você.

Você cansou desse jogo. Percebi no momento em que descobri que todas as tuas palavras eram vazias. Você fala bonito, mas a beleza é apenas exterior. Suas palavras não carregam nada por dentro. Elas enganam. Me enganaram.

Você não quis jogar comigo. Eu fiquei lá, tentando montar as pecinhas, tentando cumprir todos os desafios. Sozinha. Mas me disseram que pra jogar tem que haver duas pessoas. Eu sou apenas uma.

O nosso amor é jogo perdido porquê já nos perdemos antes mesmo de começar a jogar.

Esse jogo contraditório me faz te odiar e te amar em questão de segundos. Esse jogo contraditório te fez me amar e me esquecer em questão de semanas.

Leia também Mais do autor

Comments Closed

Comentários estão fechados.