Onde não houver reciprocidade não se demores

Certa vez, depois de um caso conturbado e um coração partido, enquanto desabafava com minha prima a respeito, ela me disse uma frase (que por sinal ouvi muito depois dessa conversa) “Você precisa esvaziar a mochila!” Até então não me ative ao que isso realmente significava, foi quando ela me explicou. “O que aconteceu passou, você precisa superar e esquecer isso se quiser seguir em frente.”Com o passar do tempo essa frase passou a fazer mais sentido do que qualquer outra em minha vida. Conforme eu conhecia as pessoas passei a ver o quanto elas não “esvaziavam” suas mochilas e do quanto elas permitiam que o passado interferisse no presente. Perdi as contas de quantas pessoas conheci com esse discurso, de quanto suas experiências ainda as afetavam por conta de um coração partido, infelizmente. Como se alguém além do destino tivesse culpa disso.

O problema da maioria hoje em dia é manter certas preocupações e sentimentos, a privação da qual você fica refém mesmo sem perceber e além de tudo envolve outra pessoa.

O discurso principal é: Não quero envolvimento agora, portando não crie expectativas. Porém você será a primeira pessoa que procurarei em momentos de carência (???). Evidente que não serão usadas essas palavras, maaaas sinto dizer que a famosa frase “gosto de você, mas não quero nada sério agora” tem exatamente esse significado.

O que são expectativas? Como você as evita intencionalmente? Muitos já obtiveram respostas a respeito, dependendo da sua fase (o que é o meu caso) você nem mesmo pensa em criá-las de fato. No entanto nem todos têm essa proeza (risos), nem todos sabem até onde o coração aguenta, mesmo que com o tempo a vida ensine.

Com esse pensamento posso citar mais uma vez uma das minhas series favoritas (HIMYM) e temos duas lições a serem tratadas aqui. A primeira delas é a que diz que inevitavelmente você sempre carregará algo dos seus relacionamentos na bagagem. Lembranças , objetos, músicas, comidas, qualquer coisa que te remeta relacionamentos passados são considerados bagagem histórica. Inclusive a dor que você sentiu com o término ou a traição que você sofreu, mas enfim… O que se aprende com isso é que o passado está no passado e nada mais é do que ensinamento. Não é permitido que atrapalhe seu presente ou te impeça de viver (por isso esvaziamos a mochila)

A segunda lição é de que alguém sempre irá nos querer por perto mesmo não querendo nada com você. Confuso né? É quando você gosta de alguém, esse alguém tem conhecimento disso, mas não quer nada com você naquele momento. Tenha consciência de que esse momento nunca chegará e de que provavelmente seu sentimento não é recíproco. As pessoas sabem quando gostam de alguém de verdade, não é preciso tempo para isso. Se é necessário esperar ou pensar a respeito significa que você não está sendo correspondido, bola pra frente.
Nem tudo são flores, mas sempre teremos o lado positivo. Adversidades nos tornam fortes, o errado nos ensina a valorizar o certo e o antigo não pode atrapalhar o novo. Ninguém merece pagar pelos erros dos outros, não é mesmo? Pense um pouco nisso. No fim as coisas sempre darão certo, acredite. Esteja disposto a amar e ser amado com reciprocidade e a vida se encarregará do resto!

Comments Closed

Comentários estão fechados.