Moça, não é culpa sua, acredite. Ele não soube valorizar o que perdeu, não soube mesmo! Ah e quantas coisas ele não soube, não é? Como quando você acordava e a melhor parte da manhã era aquele “bom-dia”  dele que você achava mais especial que os demais, por exemplo. Que a cada dia que passava você era menos sua e mais dele. Que suas preocupações nunca foram doentias e que você se importava sim, com toda sinceridade que havia em ti.

Ele não soube das diversas ocasiões que você tentou ou pensou em lhe falar coisas bonitas, coisas essas que vinham de dentro, de uma parte sua que ele nem conhecia, mas desistiu com medo de ser rejeitada como já havia sido varias vezes. Me desculpe, mas o coração de tal rapaz não era ingênuo o bastante, não era merecedor. Até hoje ele não sabe que todas as coisas horríveis que te disse (e você perdoou), te cortaram silenciosamente por dentro, uma a uma. E que enquanto isso você engolia o choro, talvez o gosto mais amargo que já tenha provado em sua vida.

Ah se ele soubesse. Será que se arrependeria?

Muitas vezes você deixou seus problemas de lado pra ajudar a cuidar dos dele e nem sequer pensou antes de fazê-lo, era capaz de esquecer de sua própria vida por causa dele e por espontânea vontade. Esse era o problema, você esquecia demais de si mesma quando deveria pensar só em você. Sua vida já era maravilhosa, mas ainda assim imaginava algo mais perfeito com ele ao seu lado e nessa imaginação era onde ele seria um bom cara. Simplesmente saberia, cuidaria, tentaria. Como você se iludiu, moça. Como se encheu de esperança, mas ainda assim não te torna culpada, no máximo uma boa pessoa. Ele nunca foi merecedor de tal confiança, não por maldade às vezes só não há sentimento e nesse caso não há culpado.

Entenda, muitas pessoas não fazem ideia do quão superestimadas são e nem do tamanho das promessas que fazem quando as fazem, acontece. Você amou, ele não. Você escolheu ser de verdade enquanto ele era dissimulado e ilusório por vocação e em alguns casos até sem perceber. Mas ainda assim, se tratava de um jogo muito baixo do qual você nunca fez a menor ideia de como se joga.  Nem a pessoa mais pura de amor desse mundo aguentaria tanto quanto você aguentou e eu te admiro por isso.

Depois de uma enxurrada de decepções, um nível de reciprocidade bem aquém do que se espera e excesso de rancor você espertou para a verdade. A quantos lugares deixou de ir? Quantas lágrimas deixou cair por não suportar mais? Quantos sorrisos se perderam? Quantas marcas lhe restaram de recordação? Quantos caras legais deixou de conhecer? E mesmo assim ele não sabe.

Você perdeu tanta coisa… Mas não, não foi tolice, foi amor. Amar não é para os fortes e nem para os espertos, é pros verdadeiros, sinta-se digna. Você foi linda, corajosa e eu tenho muito orgulho! Quanto a esse rapaz, por mais que ele não saiba, a vida é capaz de se ajustar a todos sem exceção, ninguém está livre de uma represália emocional e quando esse dia chegar ele vai saber. Fique bem e tenha paz, moça. Até mesmo as piores pessoas e as piores coisas passam, é tempo de ser feliz e você merece nada menos que isso. Vista seu sorriso, use seu melhor perfume, dê uma geral na alma e arrume o coração, nunca se sabe quando as visitas irão chegar!

 

Comments Closed