Essa é uma carta para que todos saibam que o amor existe e que eu o encontrei em forma de humano desajeitado, que tropeça e cai a cada passo.

Para quem batia no peito e dizia que o amor não existia, o destino resolveu me fazer uma surpresa, fez eu morder a minha própria língua e me arrepender de todas as vezes que disse que jamais me apaixonaria.

E cá estou eu, na intenção de te dizer que não importa o quanto você queira fugir do amor, quando ele te encontrar, será a melhor e a pior sensação de todas.

Sabe aquele teu passado que te destruiu em pedaços?

O amor fará com que tudo faça um sentido e num piscar de olhos, você entenderá o por quê não deu certo.
É… Realmente, não era pra ser

Não era mesmo e agradeça por isso, ninguém merece um amor pela metade, então que seja recíproco a vontade, que seja recíproco a saudade, que seja recíproco!!

Com essa carta também quero dizer que não vale a pena chorar por algo que não se pode controlar, se todo Carnaval tem seu fim, aproveite a quarta-feira de cinzas pra renascer, para se conhecer e ser você apenas.

Esqueça toda dor, olhe suas cicatrizes e sorria, você foi forte até aqui, parabéns, sei que não foi fácil.

Mas não se torne aquilo que te machucou, não se transforme em mais um robô da nossa geração que acredita que o amor é só o que se vê.

O amor é o que se sente e quando ele bater na sua porta, grite alto “ENTRE“, mas só quando for amor hein… Como descobrir se é??? Ah, você saberá, tenho certeza disso.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here