Basta algo em nossa vida dar errado para que o desânimo bata em nossa porta, somente alguém fazer algo a nós que não estava em nossos planos que isso já nos frustra. Apenas uma palavra dita ou não dita para que nosso valor seja diminuído. O trabalho dos sonhos deu errado e isso nos desestabiliza ou então aquele amor que não foi correspondido e nossos sonhos de prosperidade, felicidade, família e futuro desabam igualzinho aqueles bolos de glacê em dias de muito calor.

Mas sabe nestas horas eu tenho parado e pensado pra quem eu vivo e pra quem eu faço tudo que eu faço! Eu não posso deixar as situações da vida ditarem as regras dos meus dias como se estes estivessem escritos em cartilhas, eu não posso esperar algo das pessoas maior do que aquilo que elas podem me suprir, porque não posso enganar a mim mesma pensando que nunca vou me machucar ou me magoar, gente, frustração é como chuva, uma hora vai molhar você.

Preciso entender que palavras não falam mais do que ações, e que se estas não acompanhadas não fazem sentido algum, e que a ausência delas dói, isso é fato inegável, mas é também a forma mais abstrata de entendermos que nós mesmos somos responsáveis por todas as palavras boas que nós dizemos a nosso respeito. Resumindo nossa felicidade não pode se basear em algo efêmero, em coisas condicionais, em pessoas passageiras. Precisamos estar ancorados em Deus, em sonhos, em pessoas que sonhem conosco, em fé.

Há momentos em que negociamos nossos sonhos, por crermos que qualquer oportunidade de algo momentaneamente atrativo aos nossos olhos e oferecido imediatamente, pode ser a oferta mais bem sucedida do que aguardar por algo que até queremos, mas que depende de um longo prazo de tempo. Esse mar de imediatismo das pessoas ainda vai matar muita gente afogada pela culpa do “poderia ter sido diferente”. Nós negociamos nossos sonhos porque nós nos limitamos, nos subestimamos, nos menosprezamos e achamos que tudo que for de mais não é pra nós. Que coisa mais chata! Pare de se rotular, pare de adiar a sua felicidade. Não negocie seus princípios, não desista das coisas que você pede todos os dias, não se limite a viver uma vida acima da média, não aceite nada além daquilo que é seu por direito.

Sonhos são pacotes embrulhados e etiquetados com nosso nome, não podem ser entregues a mais ninguém além de nós mesmos, se não fizerem sentido em nossa vida, não farão na vida de absolutamente mais ninguém. Aceite o destino que foi preparado para sua vida, e viva ele da melhor forma possível, você não pode alterá-lo, mas pode aceitá-lo e vivê-lo intensamente todos os dias. Corra atrás dos seus sonhos!

COMPARTILHAR
Artigo anteriorLeve amor com você!
Próximo artigoSpoiler do futuro
Cristã, 24 anos de uma vida repleta de surpresas. Uma Paranaense que odeia frio, mas que ama abraços quentinhos. Bióloga por paixão, fã da vida, viciada em livros, movida por música e doida por borboletas. A escrita é meu meio de apresentar o meu mundo e todas as coisas pelas quais eu vivo e acredito. Amante de chimarrão, simples, intensa e clichê. Decifre-me mas não me conclua, posso te surpreender ♥

Comments Closed