Sinopse:

Pergunta: O que pode acontecer numa viagem inesperada? Resposta: Tudo! As personagens da Turma da Mônica Jovem estão reunidas, pela primeira vez, em um livro de contos. Mônica, Magali, Denise e Marina embarcam em aventuras inéditas, cada uma com um destino especial. Mônica parte rumo à Coreia do Sul, em uma tour inesquecível, repleta de k-pop, cores e aventuras. Magali tem seus planos virados de cabeça para baixo e acaba em Paraty, onde gastronomia e novas amizades se misturam. Marina desenvolve um novo lado artístico em Londres – com direito a chá, saudades, encontros e desencontros. E Denise, por ter se metido numa encrenca, é mandada de castigo para um acampamento na Serra Catarinense. Prepare as suas malas e acompanhe as garotas em viagens pelo Brasil e o mundo, com romances, confusões e aventuras!

O livro foi escrito em formato de contos e, cada conto, é sobre uma das quatro famosas personagens da turma: Mônica, Marina, Magali e Denise. Além disso, cada um desses contos foi escrito por uma escritora: Mônica foi contada pela Babi Dewet, a Magali pela Carol Christo, a Marina pela Melina Souza e a Denise pela Pam Gonçalves.

Como o próprio subtítulo já diz “Uma viagem inesperada” cada uma das histórias relata uma viagem surpresa vivida por cada uma das meninas durante as férias escolares.

Mônica – Uma aventura na Coréia do Sul

Tudo começa quando a baixinha gorducha mais famosa do país perde uma aposta para o Cebola: se inscrever num sorteio da rádio MAX. Por azar, ou sorte, Mônica ganha o prêmio: uma viagem para a Coréia do Sul! Já no aeroporto, ela se encontra com a menina que será sua companheira de viagem, a outra ganhadora do concurso: Lele, uma fanática por Kpop. A duas começam uma amizade já no avião, quando Lele demonstra morrer de medo dessa “coisa que voa”.

Ao chegar na Coréia, Mônica se depara com uma quantidade vasta de diferenças tanto físicas como culturais no país. Ela conhece alguns pontos turísticos do país e, por consequência, nós leitores acabamos conhecendo também. Além disso tudo, Lele ensina termos diversos usados pelos coreanos, já que a menina é uma expert no país e super fã do grupo de Kpop BTS, elas vão até num show deles durante a viagem!

Por estar num país completamente diferente do Brasil, Mônica acaba se descobrindo mais madura, mais aberta a diferenças. Seja pela amizade com uma pessoa não pertencente a tão famosa turma do Limoeiro, seja por todos os aprendizados ensinados no local.

Se perdendo nas ruas de Seoul, fugindo do hotel para resgatar sua nova amiga louca por aventuras na Coréia do Sul, Mônica vive intensamente essa viagem que veio como resultado de mais um dos “planos infalíveis” do Cebola.

Magali – Um menu de surpresas

Diferente da gordinha comilona da Turma da Mônica ainda criança, Magali cresceu e, agora com 15 anos, tornou-se fitness. É engraçado porque, ainda gostando muito de comer, agora ela é viciada em coisas saudáveis!

As férias chegaram e, como em todas as outras, Magali preparou uma lista de afazeres a serem cumpridos até o início das aulas. Como toda a turma foi viajar, Magali ficou super animada em cumprir todas as tarefas da lista com seu namorado, o Quim. Mas, para a sua surpresa, a famosa tia Nena fica doente e seus pais precisam visitá-la em Paraty. Apesar de muito insistir, os pais de Magali não a deixam ficar sozinha no Limoeiro e obrigam a menina a viajar com eles.

No começo, Magali vê a viagem como um fardo, algo que estragou completamente suas férias planejadas com Quim. Mas com o passar dos dias, Magali vai até o restaurante onde sua tia Nena trabalhava e conhece Carina e Fred, dois primos, que trabalham no local. Com a ausência de Nena, o trabalho dobra e os dois primos não conseguem dar conta de tudo. Como Magali sempre gostou não só de comer, mas também de cozinhar, resolve ajudar no restaurante. E é aí que começa uma nova e forte amizade com os dois e até se esquece de quando não queria ter viajado para lá.

Marina – Londres para leigos

Marina ganha de seus pais uma viagem para Londres, onde fará um curso de fotografia. O problema é que: todo mundo sabe que a Marina gosta mesmo é de desenhar, né?

Com um mix de alegria por conhecer a cidade, tristeza por ficar longe do namorando Franja e medo, por não saber nada de fotografia, Marina segue viagem a um mundo de descobertas.

Chegando em Londres, Marina conhece Peter, o filho da dona da escola de fotografia. Muito carinhoso, o menino a ajuda a conhecer melhor a cidade, mostrando os principais pontos turísticos, ensinando a chegar em casa e na escola onde estudaria. Com o desenrolar da história, mais que um guia, Peter acabar se tornando um grande amigo, e talvez um pouco mais do que isso, será? Marina se vê confusa em relação aos seus sentimentos.

Além da descoberta de sentimentos novos, Marina se empolga ao saber do projeto proposto pela escola: escolher um tema e fotografar coisas relacionadas a ele. O ganhador do primeiro lugar conseguiria uma bolsa de mais três meses na escola. A partir daí, Marina se esforça ao máximo para aprender a fotografar e poder ficar mais tempo perto dos amigos que fez na escola: Sharon, Rafael e, até mesmo, Peter.

Denise – Férias na Serra Catarinense

Depois de esquecer seu celular ligado durante uma prova da escola, Denise é castigada pelos seus pais tendo que passar suas férias na fazenda da sua tia Rita. O local não possui internet ou qualquer outra coisa que seja interessante para Denise e, por isso, ela se sente enraivecida ao precisar viajar para o local.

Ela precisa ajudar a alimentar os animais, a cuidar da horta e a fazer todo tipo de tarefa diferente do estilo de vida dela no Limoeiro. Conhece Douglas, o filho do dono da mercearia da região, mas não gosta muito dele de cara.

Ao perceber que a fazenda da tia Rita não ia bem, já que uma concorrente, a Fazenda da Luz, havia chegado a cidade, Denise tenta pensar numa ideia que a faça trazer de volta as crianças para o acampamento de férias na fazenda de sua tia. Para isso, ela precisará pedir ajuda de Douglas, já que ele é o único na cidade que poderia emprestar o computador a ela. Assim, os dois trabalham, fazem panfletos e inúmeras outras coisas para tentar salvar a fazenda.

A história de Denise é repleta de desenvolvimento, uma vez que a menina, a mais espevitada da turma, que, no início, só se preocupada com o celular, internet e com suas roupas da moda, se torna uma jovem preocupada com o bem estar de sua tia, além de conseguir enxergar em Douglas algo além de seu preconceito do início.

Minha opinião: 

Gostei muito do livro. Desde pequena, sempre li os gibis da Turma da Mônica, além de sempre ter gostado muito de livros. Foi a combinação perfeita! Além de já amar a Babi Dewet e a Pam Gonçalves. Não conhecia o trabalho da Carol Christo nem o da Melina Souza (como escritora, porque como youtuber eu já conhecia, óbvio hahaha), mas posso dizer que as duas me surpreenderam. Todos os contos são leves, bem escritos. E mesmo sendo a turma jovem, todas as histórias possuem aquele toque de criança que a turma tem, sabe? Divertido, leve e gostoso de ler.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here