Você realmente fez uma bela cena, preciso admitir, eu quase acreditei nas suas lágrimas e no centésimo pedido de desculpas. Quase me deixei levar pela a emoção que você fingia sentir. Engoli todas às vezes suas juras de amor e seu falso arrependimento. Lotei uma plateia apenas para te ouvir discursar, justificar suas escolhas, e me dizer mais uma vez como estava arrependido por ter me machucado, por ter me enganado e prometer que não faria isso novamente.  Mas aí que está o problema, nunca passou de desculpas e promessas, nunca passou de uma atuação – até que bem feita – sobre estar arrependido de algo que você nunca nem tentou parar de fazer. Então, eu preciso te dizer antes que você comece a falar novamente seu discurso ensaiado, eu sinto muito, mas não tenho mais tempo para o seu show, não tenho mais paciência para te ouvir indagando sobre o quão disposto está em mudar.

Desculpa te decepcionar assim, sei que você deve estar com as falas decoradas, pronto para começar mais uma atuação e me fazer acreditar novamente que eu devo te dar mais uma chance, mas a mulher que estava aqui até agora pouco, disposta a conceder mais um perdão, não existe mais. Ela precisou partir hoje mais cedo e nem se preocupou em fazer as malas. A mulher que acreditou durante tanto tempo que daquela vez era pra valer, daquela vez você realmente mudaria, essa mulher pediu para você desmontar o palco e seguir sua vida. Para você parar de tentar convence-la de que dessa vez vai ser diferente, que dessa vez ela pode confiar e se entregar sem medo. Ela deixou um recadinho pregado na geladeira, dizendo que não tinha mais tempo para desperdiçar esperando por planos que nunca se concretizavam, procurando ocupar um espaço em sua vida que jamais pertenceria à ela.

Então, não sei se você chegou aqui com as cenas decoradas para encenar pela milésima vez um discurso de arrependimento e cheio de promessas falsas, mas se for esse o caso, sugiro que você rasgue o papel e saia de mansinho pela porta dos fundos, porque ela desmontou o palco e fechou as cortinas, o espetáculo acabou, ela não estará mais presente para te prestigiar. E pra ser sincera, já que estamos finalmente jogando limpo, você precisa melhorar sua atuação, porque das ultimas vezes só parecia um idiota chorando na porta da casa dela e implorando seu perdão. E eu te agradeço de verdade por tudo isso, pois foi necessário para me transformar na mulher que finalmente teria coragem em por um ponto final numa história já terminada, a mulher que finalmente enxergaria que não deve nunca se diminuir para caber em alguém. Uma salva de palmas pelo seu esforço em me fazer acreditar que mudaria um dia, merece até um prêmio pela ótima atuação, realmente foi belo show, mas sinto muito, agora acabou. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here